• A
  • A
  • A
  • SAÚDE & NUTRIÇÃO

    CARTA DE ALIMENTAÇÃO DANONE

    A convicção de que a saúde e o bem-estar dependem da alimentação e nutrição é a principal fonte de inspiração da actividade do Grupo Danone. Com efeito, ainda não há muitos anos a nutrição e alimentação eram vistas como preocupações de ordem pessoal, mas a progressão de doenças relacionadas com a falta ou o excesso de consumo de alimentos e nutrientes transformou o que era encarado como uma questão individual num problema da sociedade moderna.

    A atenção dedicada à comunidade, através de constantes estudos do consumidor ou da troca de informações com profissionais de educação, de saúde e comunicação, revela não só uma atitude de abertura ao exterior, como esse desejo de corresponder cada vez melhor às necessidades do mercado de produtos alimentares.

    Com o objectivo de dar resposta às crescentes expectativas da sociedade relativamente ao papel da indústria alimentar na promoção da saúde pública, o Grupo Danone concebeu em 2005 a Carta da Alimentação, Nutrição e Saúde. Esta baseia-se em cinco convicções e em nove compromissos, que não são mais do que o documento base que inspira cada uma das empresas que compõem o Grupo, entre as quais a Danone Portugal.


    CINCO CONVICÇÕES

    O Grupo Danone identificou cinco condições sem as quais não é possível atingir a plenitude em matéria de qualidade da alimentação:

    Equilíbrio – Uma dieta equilibrada associada ao exercício físico regular;
    Variedade – Só a variedade dos alimentos e o seu consumo em quantidades apropriadas pode satisfazer as necessidades nutricionais do organismo;
    Prazer – Os alimentos devem ser consumidos com satisfação;
    Convívio – A dimensão social das refeições é um aspecto importante;
    Informação – É essencial ter acesso a informação relevante para que se possam fazer escolhas adequadas.


    NOVE COMPROMISSOS

    A permanência de quase um século na indústria alimentar confere ao Grupo Danone um conhecimento profundo deste mercado e a percepção da crescente responsabilidade do sector em áreas como a saúde e o bem-estar da população. Assumindo a liderança também ao nível da ética, a Danone assumiu nove compromissos:

    - Produtos adaptados às necessidades;
    - Diálogo com cientistas;
    - Apoio à investigação;
    - Promoção da partilha de conhecimento;
    - Colaboração com organismos e instituições públicas;
    - Comunicar com clareza e transparência;
    - Garantir a validade científica dos benefícios e alegações dos seus produtos;
    - Promover uma comunicação responsável;
    - Promover a actividade física.

    A responsabilidade social e corporativa que cada vez mais as organizações incorporam na sua forma de se relacionar com o mercado torna-as mais próximas dos cidadãos e consumidores.
    Esta é sem dúvida a forma de estar da Danone.

    ...
  • SAÚDE & NUTRIÇÃO

    Qualidade , ambiente e segurança

    Desde o início deste século que a qualidade da Danone tem sido sucessivamente reconhecida através da certificação dos diferentes sistemas de gestão entretanto implementados. Em 2000 a Danone Portugal, SA. Certificou pela primeira vez o seu Sistema de Gestão da Qualidade, cuja implementação se ficou a dever ao trabalho de equipa e envolvimento de toda a empresa. Todos os departamentos se empenharam no desenvolvimento da política de satisfação de clientes e consumidores e na melhoria contínua. Desde então a empresa tem vindo a implementar e a certificar os seus sistemas de gestão de forma integrada. Em 2002 foi a vez do Sistema de Gestão Ambiental – o assumir de um compromisso com as comunidades envolventes e uma oportunidade de sensibilização interna – e em 2003 o Sistema de Gestão da Saúde e Segurança no Trabalho – uma forma de dar destaque ao principal património da empresa: os colaboradores. Ainda em 2003, aquando da renovação da certificação do Sistema de Gestão da Qualidade foi feita a transição para a versão 2000 da norma ISO 9001 e mais uma vez, com a introdução da gestão por processos, registou-se claramente o envolvimento de todos. Desde sempre se optou por englobar no sistema de gestão integrado – Sistema de Gestão QASS. Em 2007 foi obtida mais uma certificação, a do Sistema de Gestão da Segurança Alimentar de acordo com a norma ISO 22000:2005. A implementação deste sistema mais não foi do que adequar o que já estava desde sempre integrado no Sistema da Qualidade da empresa, dado o seu âmbito de actividade, dar destaque a uma área cada vez mais relevante para o consumidor e ver reconhecido o seu empenho em oferecer continuamente o melhor.

    ...
  • SAÚDE & NUTRIÇÃO

    Investigação e desenvolvimento

    O Centro Daniel Carasso, também conhecido por Danone Research, situa-se em Palaiseau, a sul de Paris, e coordena as actividades de Investigação & Desenvolvimento do Grupo Danone para os produtos lácteos frescos. Inaugurado em 2002, reúne as competências de pesquisa do Grupo e é considerado uma referência e o catalizador da inovação para as várias marcas de iogurtes e leites fermentados da Danone procurando melhorar, diariamente, a saúde e bem-estar dos consumidores.

    A Investigação & Desenvolvimento, que integra a estratégia do Grupo Danone e ocupa um papel central no seu modelo de desenvolvimento, assenta em quatro eixos e em áreas de investigação de reconhecido know how. Os quatro eixos da Investigação & Desenvolvimento são: , Nutrição , Saúde activa, Prazer e Acessibilidade dos produtos.

    As suas áreas de investigação são: Investigação das funcionalidades e benefícios de matérias-primas para a saúde; Fermentos e probióticos; Ciências da nutrição; Concepção de novas fórmulas de produtos; Demonstração científica das alegações nutricionais e de saúde; Estudo das necessidades do consumidor; e Análise sensorial.

    A procura constante de parcerias com os melhores especialistas do mundo permite associar a pesquisa interna com a pesquisa externa, potenciando todo o saber e a evidência científica cada vez mais importante e exigida pelo mercado.

    ...
  • SAÚDE & NUTRIÇÃO

    Informações sobre o iogurte

    A HISTÓRIA DO IOGURTE

    Desde tempos imemoriais que os lacticínios fermentados constituem uma parte vital da alimentação humana em várias regiões do Mundo;

    A fermentação é um dos mais antigos processos praticados pelo Homem para transformar o leite num produto com prazo de validade mais alargado;

    Estima-se que o iogurte tenha tido a sua origem no Médio Oriente e que a evolução deste produto fermentado ao longo do tempo se possa atribuir à capacidade culinária dos povos nómadas desta região.


    Os iogurtes e leites fermentados pertencem ao grupo dos LACTICÍNIOS.

    Incluem-se também neste grupo o leite, queijos e requeijão;
    São, no geral, boas fontes de proteínas de elevado valor biológico e de cálcio.
    É recomendada a ingestão diária de 2 a 3 porções de lacticínios. Uma porção equivale a:

    1 chávena almoçadeira de leite (250ml);
    1 iogurte líquido ou 1 e ½ iogurte sólido (200g);
    2 fatias finas de queijo (40g);
    ¼ de queijo fresco de tamanho médio (50g);
    ½ requeijão – tamanho médio (100g).


    Opções para incluir o iogurte ao longo do dia

    Consumir o iogurte por si só nas pequenas refeições;
    Utilizar em coberturas e acompanhamento de fruta fresca em substituição do chantilly;
    Optar por iogurte natural, em substituição da maionese usada em sandes e saladas;
    Usar iogurte natural para temperar, misturado com especiarias, utilizando como marinada para carnes ou peixes e em substituição de molhos;
    Fazer batidos com iogurte, fruta fresca e gelo.

    ...
  • RESPONSABILIDADE SOCIAL

    A missão da Danone é levar saúde através da alimentação ao maior número de pessoas. Para concretizar esta missão, a Danone segue cinco compromissos fundamentais que refletem o seu papel na sociedade: oferecer produtos que respondem a necessidades e recomendações nutricionais, gostos e poder de compra; desenvolver produtos com benefícios cientificamente relevantes, que respondem a necessidades nutricionais reais; dar aos consumidores informação clara e praticar uma comunicação responsável; promover estilos de vida e de alimentação saudáveis; e responder aos maiores desafios de saúde e nutrição.


  • RESPONSABILIDADE SOCIAL

    ACTION TANK Portugal

    O ATP é uma Aliança informal de entidades do setor empresarial que visa desenvolver projetos experimentais (de negócio inclusivo e social business) numa base de colaboração e cocriação para a criação de projetos em Portugal.

    Tem como objetivo contribuir para a inclusão social através de uma abordagem assente em novos modelos / iniciativas empresariais, designadamente nos conceitos de negócio inclusivo, negócio social e empreendedorismo social. Especificamente a Danone está a apoiar o desenvolvimento do projeto Pé de Feijão.

    Este projeto está a ser desenvolvido com o propósito de explorar canais de distribuição pouco dinamizados, empregando mulheres em condição de desemprego de longa duração, com mais de 40 anos, com interesse em criar o seu próprio negócio mas sem uma ideia para o concretizar.

    O projeto tem como foco um modelo de distribuição inovador, promovendo a ideia das vendedoras ambulantes que circulam pelos escritórios das empresas a vender o pequeno-almoço e lanche.

    ...
  • RESPONSABILIDADE SOCIAL

    Projecto Programa Escolar de Reforço Alimentar - PERA

    É através do seu posicionamento, de empresa parceira da sociedade e empenhada na promoção de melhores hábitos alimentares da sociedade portuguesa, que a Danone se alia ao Programa Escolar de Reforço Alimentar.

    A Danone, em conjunto com outras empresas, associou-se com o objectivo de doar iogurtes e leites fermentados semanalmente a crianças carenciadas que não têm a possibilidade de tomar o pequeno-almoço em casa.

    Estas crianças passaram a ter a possibilidade de tomar um pequeno almoço nutritivo e equilibrado quando chegam à escola e assim poderem ter melhores resultados e serem mais saudáveis.

    ...
  • RESPONSABILIDADE SOCIAL

    Banco Alimentar

    O Banco Alimentar tem como missão lutar contra o desperdício, recuperando excedentes alimentares, para os levar a quem tem carências alimentares, mobilizando pessoas e empresas que, a título voluntário, se associam a esta causa.

    O Banco Alimentar recebe toda a qualidade de géneros alimentares, ofertas de empresas e particulares, em muitos casos excedentes de produção da indústria agroalimentar, excedentes agrícolas da grande distribuição e ainda produtos de intervenção da União Europeia.

    São recolhidos localmente e a nível nacional, no estrito respeito pelas normas de higiene e de segurança alimentar.

    A estas dádivas, acrescentam-se os produtos oferecidos por particulares, nas campanhas de recolha efetuadas nas superfícies comerciais.

    A Danone realiza semanalmente um contributo significativo oferecendo iogurtes e leites fermentados.

    Descubra as atividades de responsabilidade social do nosso grupo em: www.danone.com

    ...